• CUIDANDO DA SAÚDE DA SUA PELE.
  • CENTRAL DE ATENDIMENTO (011) 3660-4850 // WHATSAPP (011) 96449-0607
  • HORÁRIO DE ATENDIMENTO

  • SEG - SEX: 08H ÀS 20H // SÁB: 08h ÀS 12H

Dermatite das Fraldas (Assadura)

Causa

É uma irritação  causada pelo contato prolongado da pele com urina e fezes. Na área das fraldas também ocorre mudança do pH e da flora microbiana que torna a pele mais sensível. Não é uma doença contagiosa e às vezes pode ser agravada pela presença de fungos no local (sapinho/candidíase).

Sintomas

A pele da área coberta pela fralda fica avermelhada, úmida, com descamação e muito sensível, chegando a atrapalhar o sono e a rotina da criança. Quando há contaminação por fungos podem surgir pequenas bolhas (vesículas)e às vezes com pontinhos de pus (pústulas).

Diagnóstico

O diagnóstico pode ser confirmado pelo dermatologista, sem a necessidade de qualquer tipo de exame. Quando se suspeita da presença de fungos, pode ser útil realizar exame micológico para confirmar o diagnóstico.

Tratamento

A dermatite das fraldas é muito comum e todas as mães têm sua maneira de tratá-la. Quando ela começa a fugir do controle da mãe e do pediatra, a opinião do dermatologista é solicitada. Alguns passos são recomendados:

  • Evitar agredir a pele que já está delicada e sensível. Evitar sabonetes, lenços umedecidos, hidratantes comuns e qualquer outra coisa que possa irritar ainda mais pele.
  • Cremes de corticoides podem ser um modo eficaz de tratamento e não trazem malefícios quando usados da forma correta.
  • Hidratar e proteger a pele apenas com produtos específicos, indicados pelo dermatologista.
  • Manter a criança sem fralda com a área afetada exposta, sempre que puder.
  • Estar atento à possibilidade de infecção por fungos, principalmente nas crianças que tiveram sapinho na boca recentemente.

Curiosidades

  • Muitos medicamentos de uso tópico, aparentemente inocentes, podem causar irritação na área afetada, por isso devem ser evitados.
  • Alergias a fralda são raras.
  • Quando há suspeita de infecção por fungos pode ser útil tratar a criança por via oral também, para erradicar os focos de infecção no trato digestivo.